Título:     A dança do ventre e seus benefícios

Autor(a): Tata, contribuidora do portal
Data:       24/abr/2009
Descrição: Descrição bem resumida dos movimentos da dança do ventre. Traz uma lista com 24 benefícios da dança do ventre.
Comentários: Apesar de apresentar inconsistência na contextualização histórica da dança do ventre, traz uma boa coletânea de informações disponíveis na internet referentes aos benefícios da dança do ventre. Não cita nenhuma fonte. 
Estatística: 25 parágrafos, 52 linhas, 484 palavras



A dança do ventre teve sua origem no Antigo Egito, aproximadamente há 700 anos, era um ritual primitivo a Deusa-Mãe como forma de agradecimento à fertilidade, os homens eram excluídos do cerimonial. A dança do ventre é uma atividade física que até recentemente só era praticada por profissionais de dança ou pelas pessoas do Oriente Médio. Quase todos os passos e técnicas usadas na dança do ventre são circulares e concentrados em uma parte do corpo, por exemplo, um círculo paralelo ao chão se concentra nos quadris ou ombros. Na rotina da dança do ventre a dançarina bamboleia rapidamente os quadris e os ombros, requerendo bastante flexibilidade ao revirar os músculos da barriga e queimar aquela gordurinha tão indesejada pelas mulheres a dança do ventre ajuda a fortalecer os músculos abdominais, sendo também uma boa forma de exercício para todo o corpo, mais alguns benefícios da dança do ventre:
1. Corrige a postura, conferindo elegância e fazendo “crescer” até três centímetros.
2. Modela ombros e braços, dando contornos mais definidos.
3. Ao corrigir a postura, eleva os seios favorecendo seu formato.
4. Fortalece e enrijece o ventre, diminuindo a barriga.
5. Arredonda e endurece quadril e glúteos
6. Tonifica e desenvolve os músculos da perna, principalmente as coxas e panturrilhas.
7. Auxilia na perda de colorias. (aproximadamente300 calorias)
8. Relaxa e traz bem estar emocional.
9. Desenvolve a auto-estima e a confiança em si própria.
10. Traz desenvoltura e desinibição
11. Confere vaidade e graciosidade ás praticante
12. Ativa a circulação sangüínea
13. Melhora o funcionamento do aparelho digestivo, dos rins e dos órgãos sexuais.
14. Proporciona a redescoberta do feminino, com todo o sensualismo que lhe é peculiar.
15. Aprende a ter um cuidado mais delicado com o próprio corpo.
16. Cria um estimulo para dietas saudáveis, no sentido de potencializar seu visual; entenda-se isso, por criar uma disciplina nos hábitos alimentares e não cair em dietas mirabolantes sem resultados positivos;
17. Desenvolve a capacidade de ressaltar seus pontos interessantes e atenuar os menos favorecidos, trazendo um bem estar com o próprio corpo.
18. Promove na mulher a aceitação de si mesma como ser encantador, diferenciado e belo;
19. Desenvolve a agilidade mental, concentração e atenção tanto na música quanto nos movimentos.
20. Estimula a criatividade;
21. Através de seqüências e laboratórios/dinâmicas trabalhamos a percepção sensorial. Isso cria uma sensibilização na mulher, de forma que sua leitura musical é decodificada através de movimentos precisos e que a colocam em contato com seu interior, suas próprias emoções;
22. Desta mesma forma, a timidez que muitas vezes atrapalha o processo de aprendizado é trabalhada aos poucos, possibilitando melhoria nos relacionamentos;
23. Alivia o stress do dia-a-dia através do contato de grupo pela troca de experiências e informações, o que desenvolve a capacidade de sublimar os desafios;
24. Auxilia em problemas menstruais, hormonais e partos, diminuindo cólicas, equilibrando as funções sexuais e facilitando contrações e dilatações.


fonte: